ATENDIMENTO

224 831 289 / 932 666 313

PRAGAS

INSECTOS

As Moscas pertencem à Ordem Díptera e possuem apenas um par de asas membranosas correspondente às asas anteriores, daí o nome da ordem (di = duas, ptera = asas).

Os Dípteros pertencem a um dos quatro maiores grupos de organismos vivos, existindo mais Moscas do que vertebrados. Não existem apenas nas regiões Árctica e Antárctica.

As Moscas apresentam metamorfose completa, isto é, apresentam as fases de ovo, larva, pupa e adulto.

Conhece-se aproximadamente 120.000 espécies de Dípteros e estima-se que existam mais 1 milhão de espécies viventes, o fóssil mais antigo data de 225 milhões de anos.

Musca domestica

(Mosca doméstica)

Drosophilamelanogaster

(Mosca da fruta)

Stomoxyscalcitrans

(Mosca dos estábulos)

As Moscas pertencem à Ordem Díptera e possuem apenas um par de asas membranosas correspondente às asas anteriores, daí o nome da ordem (di = duas, ptera = asas).

Os Dípteros pertencem a um dos quatro maiores grupos de organismos vivos, existindo mais Moscas do que vertebrados. Não existem apenas nas regiões Árctica e Antárctica.

As Moscas apresentam metamorfose completa, isto é, apresentam as fases de ovo, larva, pupa e adulto.

Conhece-se aproximadamente 120.000 espécies de Dípteros e estima-se que existam mais 1 milhão de espécies viventes, o fóssil mais antigo data de 225 milhões de anos.

Musca domestica

(Mosca doméstica)

Drosophilamelanogaster

(Mosca da fruta)

Stomoxyscalcitrans

(Mosca dos estábulos)

Existem muitas espécies de Moscas mas a mais comum é a Mosca doméstica, que é a mais presente em áreas urbanas. Alimenta-se de fezes, produtos animais e vegetais em decomposição, açúcar, entre outros. A Mosca lança uma substância sobre o alimento que o dissolve para poder ser ingerido, não consegue colocar nada sólido para dentro do seu organismo, somente matéria na forma líquida ou pastosa. É activa durante o dia e repousa à noite. Os locais por elas visitados apresentam manchas escuras, produzidas pelo depósito de suas fezes, e manchas claras, provocadas pelo lançamento de saliva sobre o alimento, para que depois possa ser sugado.

Os Mosquitos também pertencem à Ordem Díptera. São de grande importância na saúde pública, sendo responsáveis pela inoculação de vírus e protozoários que causam várias doenças ao ser humano, como a Febre-amarela, Malária, alguns tipos de Encefalite e outras.

Os verdadeiros Mosquitos pertencem à família Culicidae, possuem uma trompa longa, maior do que a cabeça, capaz de perfurar a pele dos vertebrados para sugar o sangue. Para identificar um culicíneo de um anofelino deve-se observar a maneira como os adultos pousam nas superfícies. Os anofelinos pousam com o corpo e a probóscide (aparelho bucal) quase em ângulo recto com a superfície do substrato, enquanto os culicíneos pousam com o corpo quase paralelamente a este.

Os adultos dos Mosquitos têm os hábitos mais variáveis. Alimentam-se, em geral, de sangue, sendo a maioria hematófaga. Este hematofagismo obrigatório diz respeito apenas às fêmeas, visto que os machos se alimentam de suco de frutas e néctar das flores. A necessidade de sugar sangue é que resulta na transmissão de diversas moléstias.

Culexpipiens

(Mosquitos)

Culicoides

(Mosquitos)

Culex

(Mosquito comum)

A presença de água é fundamental para a existência de Mosquitos, a duração do ciclo é regulada pela temperatura (25ºC corresponde ao desenvolvimento mais rápido) e disponibilidade de alimento, variando entre 7 e 11 dias. Portanto a população tende a aumentar nas épocas de Primavera e Verão.

Os adultos vivem cerca de 30 dias. As fêmeas de Culex picam à noite e as de Aedes durante o dia. Pela circunstância de as fêmeas se nutrirem de sangue, têm enorme importância como vectores de doenças.

Os Mosquitos de ambos os géneros estão perfeitamente adaptados às condições urbanas, pois o homem oferece excelentes circunstâncias artificiais como tanques, latas, condutas de água, pneus e pratos de vasos para plantas com água limpa, para o Aedes completar seu ciclo biológico. O desenvolvimento do Culex é realizado em locais naturais como valas e ribeiros poluídos.

ORÇAMENTO GRÁTIS